Instituição filantrópica: Os 5 problemas mais comuns

instituição filantrópica

As políticas públicas governamentais não atendem a todas as demandas sociais, por isso surge a necessidade de parcerias com Instituições Filantrópicas para implementar programas e serviços para a população.

Mesmo diante de algumas barreiras que dificultam a sua atividade, ela busca formas de driblar o que acontece e não fechar as portas para quem precisa.

São diferentes problemas que acontecem, separamos os mais comuns para que os entenda.

Receba as novidades da APAE Diadema!

Dificuldade de captar recursos

A instituição filantrópica faz parte do terceiro setor, isso quer dizer que depende muito de doações para que possa continuar a realizar o seu trabalho. Em alguns casos, é comum receber algum auxílio do governo, tento em vista, que alguns projetos e atendimentos são feitos em conjunto.

Encontrar pessoas que estejam dispostas a colaborar com frequência ou empresas que se tornem parceiras é um grande desafio.

Escassez de recursos

Por ter recursos limitados, muitas vezes a instituição filantrópica não consegue ampliar os seus projetos ou implementar algumas melhorias.

Existem algumas maneiras de angariar fundos que ajudam a suprir essa escassez, por exemplo, recentemente a APAE Diadema foi selecionada em um projeto de uma empresa privada e conseguiu recursos para reformar a área de atendimento à saúde. Mas é importante ressaltar que diversas instituições participam deste processo.

Atendimento limitado

Uma das grandes preocupações de entidades do terceiro setor é prestar um bom atendimento e por isso o acabam limitando. No caso da APAE as turmas são muito bem atendidas pelos professores e pessoal de apoio.

Para que o trabalho seja feito com muita eficiência se faz necessário criar uma limitação de crianças dentro de uma sala de aula, para que assim, todos os assistidos recebem um atendimento de qualidade.

Seria necessário ter mais recursos para ampliar o quadro de colaboradores e mais voluntários dispostos a ajudar.

Leia também: Doação para entidade filantrópica: 5 motivos para realizar

Descrença na instituição filantrópica

Infelizmente por não conhecer o trabalho de algumas instituições filantrópicas, as pessoas acham que elas servem apenas para pedir o seu dinheiro em benefício de uma única pessoa. Uma ONG séria jamais faria isso e todos os recursos arrecadados são convertidos em prol da comunidade.

É preciso que a população esteja mais receptiva a conhecer o trabalho realizado no terceiro setor, e para isso a instituição filantrópica busca uma aproximação. Ela divulga o seu trabalho e realiza eventos para mostrar como é o seu funcionamento.

Garantia a inclusão social

Por trabalhar com portadores de deficiência intelectual e múltipla, a APAE Diadema enfrenta o preconceito e visa garantir a inclusão social. Nesse caso, o nosso papel vai muito além de garantir atendimento a esse público, precisamos conscientizar a sociedade que a inclusão social é importante e que ela pode sim transformar vidas.

Quando se conhece o trabalho da instituição filantrópica fica fácil perceber que existem problemas e que muitos deles podem ser superados com a conscientização e colaboração da população.

Conheça o trabalho da APAE