Inclusão Social: O que é e como ela realmente deve acontecer?

A inclusão social é um tema importante para se dialogar diariamente. E certamente esse assunto não se esgotaria fácil. A inclusão representa o direito pela igualdade e pela participação ativa na vida pública, independente de gênero, credo, religião ou grau de deficiência.

Falando assim soa bem genérico, mas ele é verdadeiramente amplo. A inclusão social é tão abrangente que foi naturalmente subdividida em bandeiras, ou áreas. Embora todas tenham o mesmo intuito de promover a vivência em uma sociedade mais justa e igualitária.

Pensando na pessoa com deficiência, segundo estimativas da OMS (Organização Mundial da Saúde), há cerca de 610 milhões de pessoas no mundo com algum tipo de deficiência. Sendo 63% delas economicamente ativas. Esse é um exemplo da importância de abordar o assunto da inclusão.

O que é firmado por lei?

Falar de inclusão social é falar de direitos iguais. Na Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência), Nº 13.146, por exemplo, há diferentes artigos que asseguram a inclusão da pessoa com deficiência, como:

Art. 4° Toda pessoa com deficiência tem direito à igualdade de oportunidades com as demais pessoas e não sofrerá nenhuma espécie de discriminação.

A inclusão não é apenas voltada à educação ou ao âmbito social de interação. Ela também inclui áreas como a saúde, a moradia, o trabalho, habilitação e reabilitação. O intuito é assegurar o direito à vida em sua plenitude.

Ao longo das décadas, a APAE Diadema vem lutando por esses direitos das pessoas com deficiência e a inserção delas na sociedade, inclusive no âmbito profissional.

Receba as novidades da APAE Diadema!

Integração social

O que se busca como inclusão social é a livre, justa e harmônica convivência com todos os seres humanos em todos os ambientes. Através de ações que combatam as desigualdades econômicas, raciais, de gênero, de múltiplas deficiências, escolaridade e outras mais.

Assim, são aproveitadas com entusiasmo e inteligência as habilidades próprias de cada um. Mas para chegarmos a essa compreensão, é preciso ultrapassar a invisibilidade.

Invisibilidade indesejada

A invisibilidade coletiva é um problema sutil, mas muito perigoso. Para tirar esse capacete de seleção visual, é preciso estar disposto a mudanças e a aceitar com carinho e generosidade o diferente.

A consequência da invisibilidade social é o sentimento de não ser necessário. Quando passamos a valorizar as pessoas e dar credibilidade a elas, elas voltam a criar raízes e a sentir que pertencem à estrutura social. Que são importantes! Isso não tem preço, é a inclusão social acontecendo na prática.

Uma dica de como ser ativo nessa luta: participe de ações voluntárias, seja através de doações ou outras atividades que colaborem com entidades comprometidas com a inclusão social.

Projetos de inclusão social

A APAE Diadema segue uma tendência mundial na busca de ampliar as possibilidades de inclusão social da pessoa com deficiência intelectual. É nesta perspectiva que o Programa de Qualificação Profissional da APAE Diadema atua, na defesa do direito ao trabalho e na ampliação de suas possibilidades, mas sempre priorizando a realização do sonho da pessoa com deficiência intelectual.

Leia também: Lei de cotas: Entenda a sua importância para a inclusão social de pessoas com deficiência

É um programa voltado para o munícipe de Diadema com deficiência intelectual e/ou múltipla de 14 a 30 anos de idade e com interesse pelo trabalho. Busca promover a inclusão social dessas pessoas através do trabalho formal ou informal. Dessa forma, oferece os seguintes projetos:

Sócio Ocupacional

Formação voltada para o desenvolvimento de comportamentos, habilidades e atitudes para o mercado de trabalho, como ganho de autonomia, independência, iniciativa, apresentação pessoal e trabalho em equipe.

Jovem Empreendedor

Realização de Workshops com profissionais com expertise na atividade desenvolvida. O objetivo é despertar na pessoa com deficiência intelectual o desejo de empreender um negócio com a ajuda de um familiar, a fim de gerar uma fonte de trabalho e de renda. Exemplo de atividades: culinária, artesanato, bijuterias, jardinagem e cartonagem.

Curso Básico Profissional

Formação organizada em disciplinas específicas para um curso básico profissional, com uma parte teórica realizada na instituição em sala multimídia para facilitar a aprendizagem, e uma parte prática em ambiente de trabalho, realizada em uma empresa parceira, para vivências uma vez por semana, durante duas horas. Exemplo: Rotinas Administrativas e Ajudante de Cozinha.

Inclusão no mercado de trabalho

Metodologia baseada no emprego apoiado, em que os técnicos do programa acompanham e oferecem os apoios necessários para o desenvolvimento do emprego para a pessoa com deficiência intelectual, que consiste nas seguintes etapas: descoberta de interesses, construção do perfil profissional, vivências de trabalho, colocação no mercado de trabalho e acompanhamento pós-colocação.

Para que o movimento da inclusão da pessoa com deficiência intelectual continue crescendo, precisamos colaborar para uma mudança de paradigmas em torno da deficiência, criando ambientes mais inclusivos, tornando-nos mais abertos às diferenças.

Se você tiver alguma dúvida ou deseja promover alguma ação de inclusão da pessoa com deficiência intelectual na sua empresa ou comunidade, converse conosco da APAE Diadema. Será um prazer colaborar.

“Todos juntos pela inclusão social da pessoa com deficiência intelectual através do trabalho”

Se você tiver alguma dúvida ou deseja promover alguma ação de inclusão na sua empresa ou comunidade, converse conosco da APAE Diadema. Será um prazer colaborar.

Conheça o trabalho da APAE